Os faraós eram grandes e poderosos líderes que governaram o grande império egípcio desde antes de Cristo. Uma das coisas que mais chama a atenção dos faraós e sua cultura são os seus túmulos. No Egito, anunciaram recentemente a descoberta surpreendente de um túmulo ao sul da cidade de Luxor, que é uma tumba faraônica totalmente destinada a um ourives real.

Publicidade

Estima-se que este ourives real viveu mais de 3.500 anos atrás, durante a 18a dinastia egípcia.

Este túmulo foi localizado a oeste do rio Nilo em um túmulo muito especial porque estava em um cemitério dedicado exclusivamente aos nobres e líderes seniores.

Embora o ministro antiguidades, Khaled el-Anany ter dito que o túmulo não estava em bom estado, ele contém algumas coisas muito interessantes.

Essa tumba egípcia, foi dedicada plenamente ao ourives e sua esposa, destacando sua grande importância para o faraó.

Mais tarde, foi confirmado que o túmulo era um homem chamado Amenemhat.

O ministro egípcio estava orgulhoso da descoberta, por ela ter sido feita por arqueólogos locais.

Este é um avanço para os egípcios, porque no passado eles só se dedicaram a ser guias e observadores de arqueólogos estrangeiros.

Diante de tal descoberta surpreendente muitos se perguntam o que mais poderemos encontrar escondido sob as areias do grande Egito.

Fonte: [Exolas]

Que tal contribuir com um ponto? 😉

34 pontos
Upvote Downvote

Total votes: 42

Upvotes: 38

Upvotes percentage: 90.476190%

Downvotes: 4

Downvotes percentage: 9.523810%

Comentários

CONTINUAR LENDO
Publicidade