Passagem secreta é encontrada sob o antigo templo Maia do Deus Cobra

0 53

Mais um dia se passou e outro túnel secreto é descoberto em outro templo mesoamericano. Estas estruturas antigas são capazes de esconder várias passagens enigmáticas. Agora, como relatado pela El Universal, a última descoberta envolve o Templo de Kukulcan, um edifício que foi construído pela civilização Maia pré-colombiana entre os séculos IX e XII.

Já se sabe que existem muitas cavernas subaquáticas sob este monumento de 30 metros de altura (98 pés), e mais uma nova passagem fora descoberta, o que poderia levar a um poço subterrâneo, também conhecido como “cenote”.

Como é normalmente o caso, o cenote não foi inicialmente escavado ou explorado diretamente; Foi encontrado usando um tipo de imagem baseada em raios-X há dois anos por uma equipe da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM). Agora, uma equipe liderada pelo Projeto Great Mayan Aquifer encontrou a entrada para o cenote dentro da sala das ossadas, que é onde os ossos do falecido Kukulcan já foram colocados.

Através do ossário, os pesquisadores fizeram o seu caminho a uma certa distância em um túnel secreto antes de atravessar uma entrada bloqueada. É provável que o bloqueio tenha sido causado pelos próprios maias, e é possível que o desbloqueio revelasse um caminho para o reservatório aquático ainda não encontrado.

O próprio templo é coberto de serpentes emplumadas, uma homenagem a Kukulcan, um deus de cobras maias estreitamente relacionado a várias divindades encontradas em vários outros sistemas religiosos mesoamericanos. Ele era associado à guerra, e seu nome é compartilhado com sendo um indivíduo que pode ter sido o governante ou sacerdote na região no século 10.

Kukulcan, o deus emplumado. Frank Kovalchek / Wikimedia Commons ; CC BY 2.0

Este deus em particular não parecia ser particularmente amigável. Ele é encontrado constantemente em esculturas supervisionando os sacrifícios humanos, que parecia ser uma característica central de um culto que surgiu em seu nome. Esse novo túnel está relacionado com esse culto de alguma forma? É provável, mas não se pode dizer com total certeza neste momento.

Atualmente, e em particular, o que está por baixo dele ainda continua sendo um mistério. Assim, enquanto a passagem está sendo trabalhada, um grupo internacional de pesquisadores espera produzir um mapa 3D do labirinto sob todo o sítio arqueológico de Chichen Itza, que remonta ao século VII.

El Castillo, como o espanhol se referiu, é, sem dúvida, construído sobre uma paisagem bastante dramática. Esqueça os cenotes por um segundo e considere que ele é encontrado na mesma península que foi o ponto zero para a era dos dinossauros. É um sítio de deslumbrante arqueologia e geologia, que continua a confundir pesquisadores até os dias de hoje.

Fonte: [Eluniversal, AtlasObscura]

Receba as nossas postagens por e-mail. É grátis.
Junte-se aos mais de 25.000 outros assinantes
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: