Poucas pessoas esperariam alguns dos estranhos relatórios que surgiram durante a Segunda Guerra Mundial; como de aviões fantasmas, ataques de OVNIs, o desaparecimento completo de um grupo de jatos, ou até mesmo relíquias governamentais famosas que desapareceram. Ao longo da guerra, essas coisas ocorreram e muitos outros acontecimentos ainda mais estranhos e, mesmo após setenta anos, muitos deles permanecem sem solução.

Publicidade

Confira a seguir 5 dos mais estranhos mistérios não resolvidos da Segunda Guerra Mundial.

5 – O Trem Fantasma Nazista

A lenda diz que, nos últimos dias da Segunda Guerra Mundial, em abril de 1945, com as forças soviéticas se aproximando rapidamente, soldados nazistas carregaram objetos de valor em um trem blindado em Wroclaw, na Polônia. O trem partiu e dirigiu-se para o oeste em direção a Walbrzych. É uma viagem de cerca de 60 km, em algum lugar ao longo do caminho, o trem, com toda a sua valiosa carga, desapareceu nas Montanhas das Corujas.

Alegadamente, o trem foi preenchido com tesouros nazistas, incluindo ouro e metais preciosos saqueados de famílias judaicas. Ao longo dos anos, muitos tentaram encontrar o lendário “trem fantasma”, mas sem sucesso. Historiadores afirmam que não há nenhuma prova definitiva de que o trem realmente existiu. Embora seja verdade que, durante a guerra, Adolf Hitler ordenou a criação de uma rede de túneis subterrâneos nas Montanhas das Corujas, como parte de Der Riese, uma instalação secreta nazista, mas não há indicações concretas de que o trem esteja escondido lá.

4 – O globo desaparecido de Hitler

Deve ter sido o globo mais famoso do mundo. Charlie Chaplin o parodiou em seu filme, “O Grande Ditador”. Este globo enorme, conhecido como o “Globo Führer”, foi especialmente construído para Adolf Hitler. Ele ficou instalado em um estande customizado em seu escritório na Nova Chancelaria do Reich e, depois da guerra, desapareceu.

Assim que o Exército Vermelho capturou Berlim, o Ministro Soviético de Assuntos Internos Lavrentiy Beria inspecionou a Chancelaria do Reich. Acredita-se que ele tenha pego o globo e o levado à sua sede em Lubyanka, onde é possível que esteja até hoje. Se o globo ainda estiver lá, na antiga sede da KGB ou, possivelmente, no edifício do FSB, a Rússia negou qualquer conhecimento disso.

3 – Foo Fighters

Não, não estamos falando da banda de Dave Grohl, mas sim do fenômeno da Segunda Guerra Mundial, após o qual a banda foi nomeada. O termo foi usado pelos pilotos aliados durante a guerra para descrever os objetos voadores não identificados que encontraram, originalmente vistos pelo 415º Esquadrão de Fighters Noturnos da América.

Pensados serem originalmente aeronaves nazistas secretas enviadas para reconhecimento, a maioria dos pilotos relatou ver estranhas bolas brilhantes de luz que manobravam ao redor de suas aeronaves durante a noite, voando em altas velocidades. Às vezes, as luzes misteriosas perseguiam os aviões, outras vezes apenas seguiam o ritmo deles. Normalmente, os operadores de radares não conseguiram ver os misteriosos UFOs em suas telas, mas certas vezes podiam confirmar sua existência.

Um painel científico pós-guerra não conseguiu explicar adequadamente o fenômeno. Uma teoria concluiu que os OVNIs eram o fogo-de-santelmo, uma condição climática onde um campo elétrico forte faz com que uma descarga incandescente emane de certos objetos. Outra teoria dizia que o fenômeno era apenas um caso de relâmpagos globulares, que são globos de luzes esféricas brilhantes que podem aparecer em trovoadas. A maioria dos pilotos que testemunharam as estranhas luzes brilhantes perseguindo seus aviões descartaram essas teorias. Esse é um mistério que provavelmente nunca será resolvido.

2 – A Sala Âmbar

Nomeada a Oitava Maravilha do Mundo, a lendária Sala Âmbar do Palácio de Catarina de Tsarkoye Selo, próxima de São Petersburgo, era conhecida mundialmente antes da Segunda Guerra Mundial. Foi construída na Prússia no século 18 e posteriormente transportada em partes para a Rússia como um presente real para Tsar Peter o Grande em 1716. A sala era inteiramente composta de belos painéis de âmbar, com pedras preciosas, guarnições de folhas de ouro e espelhos. Após a invasão alemã da União Soviética durante a Segunda Guerra Mundial, a Sala Âmbar foi desmontada e transportada para Königsberg na Prússia Oriental e exibida no Castelo de Königsberg.

Em janeiro de 1945, Hitler ordenou que todas as relíquias fossem removidas de Königsberg, embora se saiba que o homem encarregado das relíquias fugiu sem remover a Sala Âmbar. Alguns meses antes, em agosto de 1944, toda a área estava sob forte bombardeio pela Força Aérea Britânica Real. Então, em abril de 1945, a cidade estava perto de ser completamente destruída pelo avanço do exército vermelho soviético. A sala Âmbar poderia ter sido destruída a qualquer momento durante esse período. No entanto, vários relatórios de pessoas que possuíam painéis individuais da Sala Âmbar apareceram, com algumas testemunhas alegando que todo o quarto foi carregado no navio de transporte alemão, Wilhelm Gustloff, em algum momento após a ordem de Hitler em janeiro de 1945. Apesar dessas afirmações, a maioria dos pesquisadores acredita que a Sala Âmbar provavelmente foi destruída durante os bombardeios em 1944, embora não possa ser comprovado. Posteriormente, uma réplica da sala Âmbar foi construída pela União Soviética e agora pode ser vista pelo público em Tsarskoye Selo.

1 – O Desaparecimento do Vôo 19

O vôo 19 foi um grupo de cinco TBM Avengers Bombardeadores de Torpedos envolvidos em um vôo de treinamento ao longo da costa da Flórida. Era 5 de dezembro de 1945; o tenente Charles Taylor foi encarregado de um vôo de treinamento que se originou da Naval Air Station, em Fort Lauderdale, Flórida. Algum tempo durante o treino, o tenente Taylor informou que sua bússola estava funcionando mal e que ele não conseguiu verificar a posição do vôo. Decidiu-se que todos os aviões ficariam juntos e, quando o gás de um deles se esgotou e teria que pousar no oceano, todos os aviões pousariam juntos. A torre perdeu o contato com o vôo e presumiu que eles ficaram sem gás e tiveram que fazer um pouso de emergência na água. Um barco Mariner foi despachado para tentar localizar os aviões. No entanto, misteriosamente, a torre perdeu contato com o Mariner também. Os aviões e todos os homens desapareceram, seis aviões e 27 homens no total; todos declarados como mortos; mas como?

A investigação da Marinha originalmente culpou o tenente Taylor; no entanto, eles mudaram o relatório oficial para refletir a perda de aviões como “Causa Desconhecida”. Eles nunca foram capazes de determinar com certeza o motivo do desaparecimento do vôo 19, nem a perda do barco Mariner. Nenhum corpo e nenhum avião foram encontrados. O mistério somente adicionou mais intriga à lenda do Triângulo das Bermudas.

Fonte: The Richest

Que tal contribuir com um ponto? 😉

318 pontos
Upvote Downvote

Total votes: 410

Upvotes: 364

Upvotes percentage: 88.780488%

Downvotes: 46

Downvotes percentage: 11.219512%

Comentários

CONTINUAR LENDO
Publicidade