O Congresso dos EUA foi informado sobre a possibilidade da Coreia do Norte realizar um ataque EMP que poderia desligar as redes elétricas, e com isso acabar com 90 por cento da população americana dentro de um ano. A Câmara dos Deputados dos EUA reuniu-se para uma audiência na quinta-feira em que membros da recém-criada Comissão EMP, explicaram o grau de destruição que um ataque de pulso eletromagnético (EMP) poderia infligir ao país.

Publicidade
Notícias Naturais

Em um relatório comissionado, William Graham, ex-presidente da Comissão EMP e Peter Vincent Pry, ex-chefe de gabinete, referiu-se às ameaças EMP da Coréia do Norte como um “cenário do dia do juízo final”. Segundo o relatório, “eles [Coréia do Norte] poderiam usar seu lançador de satélites para transportar uma arma nuclear sobre a região do Polar do Sul e detoná-la sobre os Estados Unidos, para criar um pulso eletromagnético de alta altitude. O resultado dessa detonação, poderia desligar a rede elétrica dos EUA por um período indefinido, levando a morte dentro de um ano de até 90 por cento de todos os americanos”.

Esta não é a primeira vez em que a vulnerabilidade dos Estados Unidos aos ataques de EMP fora discutida. Em 2014, Peter Kelly-Detwiler escreveu para Forbes afirmando que esta ameaça tem o potencial de fazer o 11 de setembro parecer “coisa de criança”. Em outra entrevista para a Forbes, Graham disse: “Houve um aumento enorme em nossa dependência dos eletrônicos, computadores e microeletrônica […] e quanto mais vulnerável os EUA for desse ataque, mais provável será a chance dele ser usado contra nós”.

Graham e Pry declararam que os EUA já ignoraram seu aviso sobre as capacidades da Coréia do Norte. Somente nos últimos seis meses, a comissão EMP forneceu informações sobre as capacidades de armas nucleares da Coréia do Norte. Isso inclui o número de armas nucleares que possuem, o quão distantes estão de sua capacidade de miniaturizar as armas e o quão próximos estão no desenvolvimento de bombas de hidrogênio. Os críticos da organização, no entanto, descartaram essas advertências. E logo depois disso, a organização foi dissolvida.

The Washington Times

As previsões da Comissão EMP foram oficialmente confirmadas pela mais recente ameaça da Coréia do Norte de transformar os EUA em “cinzas”.

Os especialistas abordaram o subcomitê da Segurança Interna afirmando: “É fundamental, portanto, que a liderança nacional dos EUA aborde a ameaça EMP como uma questão crítica e existencial e dê uma alta prioridade, para garantir a liderança e as medidas necessárias para proteger o nosso país da EMP”.

A discussão do Congresso sobre as capacidades nucleares da Coréia do Norte começou logo após a Coréia do Sul revelar suas próprias bombas que teriam a capacidade de destruir todo o equipamento elétrico de uma nação. Essas bombas, segundo a Coréia do Sul, são “bombas de apagão” e deixaram bem claro que pretendem usá-las contra a Coréia do Norte se o país continuar com suas ameaças.

Youtube / CNN lê jornais online

Basicamente, um ataque de pulso eletromagnético em um país moderno teria os seguintes efeitos em suas vidas:

  • Não haveria fornecimento de calor nas casas;
  • A água não seria mais bombeada para a maioria dos lares;
  • Os computadores não funcionariam;
  • Não haveria internet;
  • Os telefones não funcionariam;
  • Não haveria transmissão para a televisão, nem ao rádio;
  • Os caixas eletrônicos não funcionariam, nem bancos, nem cartões de débito ou de crédito;
  • Sem eletricidade, a maioria dos postos de gasolina não poderiam funcionar;
  • A maioria das pessoas não poderia trabalhar sem eletricidade e as empresas seriam forçadas a fechar;
  • Os hospitais não iriam funcionar normalmente e as pessoas logo ficariam sem medicamentos;
  • Todos os aparelhos de refrigeração deixariam de funcionar e todos os alimentos congelados em lares e supermercados seriam perdidos e
  • … etc, etc, etc …

Fonte: [Laverdad]

Que tal contribuir com um ponto? 😉

18 pontos
Upvote Downvote

Total votes: 24

Upvotes: 21

Upvotes percentage: 87.500000%

Downvotes: 3

Downvotes percentage: 12.500000%

Comentários

CONTINUAR LENDO
Publicidade