Publicidade

É de se questionar como os trabalhadores de necrotérios e mortuários trabalham enquanto estão envolta de um ambiente de constante morbidez. Alguém tem que fazer isso, certo? Embalsamadores, agentes funerários e coveiros são aqueles que passam boa parte de seu tempo com cadáveres, deixando-os os mais apresentáveis possível para sua última exibição.

Publicidade

Porém, é de se esperar que um grande número de histórias assustadoras saísse de suas ocupações, e é verdade. O Reddit reuniu algumas histórias assustadoras de trabalhadores reais de funerárias, e aqui estão elas. Confira:

1 – Cadáver segura-se ao trabalhador

“Eu costumava trabalhar na recuperação de tecidos. Minha parte menos favorita era preparar os doadores para recuperação, pois incluía aparar os braços e pernas. Uma vez, nós tivemos um doador que tinha falecido recentemente. Eu segurei sua mão para raspar seu braço, e seus dedos enrolaram minha mão enquanto o rigor mortis [rigidez do corpo que ocorre cerca de sete horas após a morte, devido ao endurecimento muscular] ocorreu.

Aquilo foi excepcionalmente assustador”.

2 – Cadáveres gemendo quando são movidos

“Se o falecido tiver um pulmão cheio de ar, movê-los faz com que o ar seja liberado. Quando o ar viaja através de sua garganta, é possível escutar uma pequena vocalização, mas geralmente é apenas um gargalo liquido. Isso ainda me assusta às vezes, se eu estiver trabalhando sozinho”.

3 – Luzes cintilantes

“Eu sou uma enfermeira, e o único lugar que eu já vi as luzes cintilarem é fora do necrotério. Elas funcionam bem quase toda hora, mas quando levamos um corpo para baixo, as luzes sempre cintilam. Isso realmente me apavora”.

4 – Um corpo estremece na presença de um vivo

“Eu estava preenchendo a papelada sobre um dos corpos enquanto trabalhava tarde quando ele simplesmente estremeceu. Nunca vi isso antes, nenhuma explicação”.

5 – Luzes da casa funerária ligam e desligam sozinhas

“Eu só experimentei algo uma vez e foi em torno das 22h, depois de dois anos sem atividade no local. Havia desligado todas as luzes no ambiente, e quando fui conferir o caixão, as luzes voltaram a acender. Eu não estava nada perto do interruptor”.

6 – Gêmeo idêntico aparece em funeral na mesma roupa que seu falecido irmão

“Minha mãe trabalha na área funerária. Às vezes eu viria trabalhar com ela e ajudá-la a montar a capela para um serviço.

Um serviço em particular era de um menino pequeno que se afogou. Seus pais vestiram o irmão gêmeo idêntico com a mesma roupa que ele para o funeral”.

7 – Trabalhadores funerários se vestem como palhaços para um funeral

“Havia um palhaço uma vez. Essa pessoa foi enterrada em traje de palhaço completo com maquiagem e tudo.

A pedido da família, os diretores do funeral se vestiram de palhaços também. Eles forneceram fantasias e fizeram nossa maquiagem. Família e amigos tiveram uma lágrima pintada perto do olho”.

8 – Técnico funerário é solicitado para limpar olhos que não estavam lá

“Um dos momentos mais assustadores para mim foi ter que limpar um cavalheiro… Eu deveria limpar os olhos dele, também.

Porém ao vê-lo, os dois soquetes do olho estavam vazios. Sem olhos. Aparentemente, foi um embalsamamento pós-autópsia”.

9 – Cremação era a única opção

“Um homem foi trazido para nós depois de morto na sua garagem por 3 semanas no verão. Ele estava coberto de insetos, sua pele estava preta e verde, e a pele deslizava diretamente do osso. Não pude fazer nada para manter o corpo nesse caso, ele foi cremado.”

10 – O cabelo e as unhas de uma mulher não paravam de cair

“Estávamos preparando e lavando o corpo de uma mulher de 90 anos. Uma de suas unhas dos pés caiu, e os cabelos em sua cabeça continuavam caindo. Foram necessárias 3 horas para recuperar o cabelo para que parecesse aceitável em seu corpo”.

Fonte: Can You Actually

Publicidade

Leave your vote

46 points
Upvote Downvote

Total votes: 58

Upvotes: 52

Upvotes percentage: 89.655172%

Downvotes: 6

Downvotes percentage: 10.344828%

CONTINUAR LENDO
Publicidade
Carregando...